Sistema respiratorio

Sistema respiratorio

Juciara Gomes Fonseca

Período: 01/2015

Faculdade Pitágoras

Professoras: Claudia Lana e Myrian Ribeiro

Disciplina: Ciências Morfofuncionais 2

 

A RESPIRAÇÃO

O sistema respiratório e um conjunto de canais, cuja ultima e fina ramificações ,os bronquíolos terminam em câmaras microscópicas .Nos dois pulmões existem cerca de 300 milhões de alvéolos para a troca de gases(hematose) os pulmões são dois sacos róseos,infláveis protegidos por duas membranas ,as pleuras.entre a pleura e o pulmão há uma fina camada de liquido viscoso, que lhes permite escorregar um sobre o outro durante os movimentos respiratórios

Os dois pulmões ocupam a cavidade torácica, limitada pelo os ossos (costelas ,esterno)e,inferiormente,por um músculo membranoso o diafragma ,que separa o tórax do abdome

Do meio exterior ate atingir os alvéolo ,pulmonares,o ar atmosférico faz um percurso relativamente curto

AS TROCAS GASOSAS

Na hematose o oxigênio passa dos alvéolos para o sangue, e o gás carbônico passa do sangue para os alvéolos. Essa difusão e passiva , dependendo de um gradiente de concentração .

Dessa maneira, as trocas se explicam pelo fato de haver diferença na concentração dos gases CO₂ e O₂ entre o sangue venoso e o ar que chegam aos alvéolos: como a concentração de O₂ no sangue venoso é menor do que a concentração desse gás no ar ,ocorre difusão passiva de O₂ do ar para o sangue Já para o CO₂ observa-se o contrario.

A difusão se da por meio de duas camadas celulares que separam o ar alveolar do plasma sanguíneo.Uma e o epitélio pavimentoso dos próprios alvéolos ;a outra e o endotélio dos capilares que envolvem esses alvéolos .

O transporte de gases

A hemoglobina é um pigmento formado por um radical heme, contendo ferro, responsável pela cor vermelha, e pela globina, uma proteína conjugada. Muitos milhões de moléculas de hemoglobina distribuem-se homogeneamente uma citoplasma de uma hemácia, que pode assim, capacitar os gases respiratórios (gás oxigênio e gás carbono) que atravessam a sua delicada membrana plasmática. A hemoglobina forma, com esses gases, compostos instáveis, ou seja, pode recebê-los e doá-los com facilidade.

Praticamente todo gás oxigênio que deixa os pulmões em direção aos tecidos é transportado pela hemoglobina. Já o CO₂, muito mais solúvel em água do que o O₂, tem outras formas de transporte, em valores aproximados, são:

  • 9% dissolvidos no plasma
  • 27% combinados a hemoglobina
  • 64% sob a forma de íons HCO₃ (íons bicarbonatos)

 

Nesse ultimo caso, o transporte depende de enzima anidrase carbônica presente nas hemácias. Essa enzima catalisa a reação de informação do acido carbônico quando o CO₂ dos tecidos chega aos glóbulos vermelhos.

Em seguida, o acido carbônico se dissocia em H⁺ e o HCO₃⁻ o íon H⁺ não permanece livre, pois combina-se com hemoglobina formando a HHB no interior das hemácias, enquanto o HCO₃⁻ passa para o plasma.

Os movimentos respiratórios

Os movimentos de inspiração e expiração dependem da ação dos músculos intercostais e do diafragma. A contração dos músculos intercostais, situados entre as costelas faz com que elas se elevem e a caixa torácica aumente o plano horizontal. Simultaneamente o diafragma de contrai e abaixa, determinando a expansão da caixa no plano vertical. Com isso aumenta o volume interno do tórax e diminui a pressão sobre os pulmões que se dilatam recebendo o ar do exterior. Este movimento é a inspiração. Na expiração os músculos relaxam, o volume interno da caixa torácica diminui, a pressão sobre as paredes pulmonares aumenta e ocorre expulsão do ar.

A REGULAÇÃO DO RITMO RESPIRATÓRIO

Nas artérias carótidas e na aorta existem regiões com receptores sensíveis a variações das taxas de gases no sangue.Se houver uma grande queda de O₂ no sangue,esses receptores mandam impulsos ao centro respiratório,localizado no bulbo.em seguida,esses centro envia estímulos aos músculos intercostais e ao diafragma,para que o ritmo dos movimentos respiratórios seja acelerado,melhorado,desse modo o suprimento de O₂ nos tecidos.

 

 

Referência bibliográfica: biologia 2, editora saraiva, 11ª edição- 2013

Autores: Cesar da Silva Junior/ Sezar Sasson/ Nelson Caldini Junior